Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/495836
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Séries anteriores (INFOTECA-E)
Data do documento: 21-Out-2003
Tipo do Material: Séries anteriores (INFOTECA-E)
Autoria: FIGUEIREDO, E. O.
PEREIRA, N. W. V.
WADT, L. H. de O.
Informaçães Adicionais: EVANDRO ORFANO FIGUEIREDO, CPAF-Acre; Nádia Walesca Valentim Pereira, Bolsista CNPq/Pronabio/Embrapa Acre; LUCIA HELENA DE OLIVEIRA WADT, CPAF-Rondonia.
Título: Avaliação da composição estrutural e biomassa viva acima do solo, em florestas sob efeito da fragmentação na Amazônia Ocidental.
Edição: 2000
Fonte/Imprenta: Rio Branco, AC: Embrapa Acre, 2000.
Páginas: 27 p.
Série: (Embrapa Acre. Boletim de Pesquisa, 26).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Fragmentação florestal
Biomassa aérea
Rio Branco (AC)
Acre
Amazônia Ocidental
Western Amazon
Amazonia Occidental
Reservorios de carbono.
Biomasa aérea
Bosques tropicales
Fragmentación de hábitats
Conteúdo: O modelo de ocupação da Amazônia, implementado nas últimas décadas, pouco considerou as especificidades dos distintos ecossistemas florestais existentes na região. Quando se considera a dimensão territorial da Amazônia e os impactos decorrentes do desflorestamento e conseqüente processo de fragmentação de florestas, o fato ganha importância global. Este trabalho faz parte do projeto "Efeito do processo de fragmentação florestal na sustentabilidade de alguns ecossistemas periféricos aos eixos rodoviários no sudeste acreano", financiado pelo Programa Nacional de Diversidade Biológica (Pronabio), e foi desenvolvido num fragmento florestal localizado à margem direita da Rodovia Federal BR-364, km 30, sentido Rio Branco/Porto Velho, no município de Rio Branco, capital do Estado do Acre. A finalidade dos estudos foi avaliar os impactos do processo de fragmentação florestal sobre a estrutura horizontal do fragmento e biomassa viva acima do solo nos ambientes de borda e interior. Para esta avaliação, foram considerados os seguintes parâmetros: uso atual da terra; composição florestal; mensuração da biomassa vegetal viva acima do solo, por meio de equações alométricas ajustadas para a região; e, estimativa do estoque de carbono. Na bordadura do fragmento, avaliaram-se florestas secundárias com idades de abandono de 15 e 25 anos. A característica principal no interior do fragmento consiste na configuração de uma estrutura horizontal mais harmoniosa entre as famílias e seus respectivos gêneros e espécies. O ecossistema de bordadura com floresta secundária de 15 anos e as famílias Cecropiaceae e Rhamnaceae consistem em 49,29% dos indivíduos existentes, com ocorrência de apenas cinco espécies. As famílias com maior representação na biomassa viva, para a floresta primária (interior) foram: Lecythidaceae, 16,43%; Moraceae, 13,93%; Fabaceae, 6,07%; Apocynaceae, 5,30%; e, Mimosaceae, com 5,19%; totalizando 46,92% da biomassa viva acima do solo. O estoque de carbono foi de 114 T-C.ha-1, para o interior do fragmento, e 52 T-C.ha-1, para a bordadura com floresta secundária. A análise do balanço de estoque do carbono existente no interior e borda do fragmento demonstra que o tempo necessário para reabsorção do carbono liberado pela floresta primária, por meio da regeneração de florestas secundárias jovens de bordadura, via fotossíntese, levaria cerca de 45 anos.
Thesagro: Floresta tropical
Ecossistema
Degradação ambiental
Impacto ambiental
Biomassa
Carbono
Estoque
NAL Thesaurus: Tropical forests
Habitat fragmentation
Aboveground biomass
Carbon sinks
Environmental impact.
Ano de Publicação: 2000
ISSN: 0101-5516
Aparece nas coleções:Séries Anteriores (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
bp26.pdf316 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace