Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/492627
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Séries anteriores (INFOTECA-E)
Data do documento: 2-Jan-1998
Tipo do Material: Séries anteriores (INFOTECA-E)
Autoria: CORDEIRO, D. G.
MIRANDA, E. M. de
BATISTA, E. M.
Informaçães Adicionais: DIVONZIL GONCALVES CORDEIRO, CNPASA; ELIAS MELO DE MIRANDA, CPAF-AC; EDYR MARINHO BATISTA, CPAF-AP.
Título: Efeito da adubação mineral e orgânica sobre a produtividade do alface (Lactuca sativa L.), cv. Marisa, na época de verão, em Rio Branco, Acre.
Edição: 1997
Fonte/Imprenta: Rio Branco: Embrapa-CPAF/AC, 1997.
Páginas: 2 p.
Série: (Embrapa-CPAF/AC. Pesquisa em Andamento, 119)
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Adubação mineral
Rio Branco
AC.
Conteúdo: O uso de fertilizantes químicos começa a ser uma prática cada vez mais necessária entre os produtores de olerícolas no Estado do Acre, especialmente no cultivo do alface, considerada a folhosa de maior consumo e importância econômica no Brasil. A fertilização é uma prática onerosa, no entanto, ainda é a que representa maior retomo econômico, uma vez que resulta em maior produtividade e melhor qualidade dos produtos. Essa prática poderá viabilizar a participação da produção local em condições de concorrência no mercado de consumo cada vez mais exigente. Os estercos animais e compostos vêm sendo utilizados na agricultura, principalmente como fonte de nitrogênio. A adubação orgânica mantém a fertilidade dos solos cultivados, melhorando as propriedades físicas do solo. Por sua vez, nos adubos químicos, os nutrientes estão em formas mais prontamente disponíveis que nos adubos orgânicos, que necessitam de mineralização para a liberação dos nutrientes. Plantas com maior vigor toleram melhor os ataques de pragas e doenças. Assim, definir os melhores níveis de adubação orgânica e mineral para a cultura do alface, tanto sob o ponto de vista nutricional quanto econômico, é o objetivo deste trabalho, que está sendo desenvolvido na Embrapa Acre, localizada a uma altitude de 160 m, 9058'22" de latitude e 67°48'49" WGr de longitude. O clima local é caracterizado como Aw, pela classificação de Köeppen, com nítida estação seca.
Thesagro: Alface.
Ano de Publicação: 1997
ISSN: 0101-6075
Aparece nas coleções:Séries Anteriores (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CPAFACPESQ.AND.11997.pdf89,29 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace