Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/276098
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Algodão - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 30-Nov-2007
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: CARVALHO, J. M. F. C.
LIMA, M. M. de A.
SANTOS, R. C.
BRITO, J. Z. de
DONATO, V.
SILVA, M. M. de A.
MEDEIROS, M. J. L. e.
Informaçães Adicionais: Julita Maria Frota Chagas Carvalho, Embrapa Algodão; Marleide Magalhães de Andrade Lima, Embrapa Algodão; Roseane Cavalcanti Santos, Embrapa Algodão; Júlio Zoé de Brito, IPA; Virgínia Donato, Embrapa Algodão; Marina Medeiros de Araújo Silva, IPA; Maria Jaislanny Lacerda e Medeiros, UEPB.
Título: Indução de embriogênese somática em algodão.
Edição: 2007
Fonte/Imprenta: Campina Grande: Embrapa Algodão, 2007.
Páginas: 8 p. il.
Série: (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 79).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Calos embriogênicos
Fitorreguladores
Produção de embriões
Conteúdo: A produção de embriões somáticos mediante o cultivo de tecidos in vitro, é uma técnica que permite a obtenção de embriões em grande escala, constituindo-se em uma ferramenta importante nos programas de melhoramento genético de algumas culturas. Objetivando-se induzir a formação de calos embriogênicos em algodão a partir da embriogênese somática, germinaram-se, in vitro, sementes da cultivar Coker 312 e, sete dias apás a germinação, segmentos de hipocótilo foram cultivados durante quatro semanas em placas de Petri, para a indução de calos, em diferentes meios. Para constatação da rediferenciação dos tecidos e da formação de embriódes, retiraram-se amostras de calos subcultivados na ausência de fitorreguladores e analisados por microscopia eletrônica de varredura. Obtiveram-se calos de coloração amarelo-esverdeado e com aspecto frivel no tratamento com 2,4 D a partir de segmentos de hipocótilo da cultivar Coker 312, com maior proliferação a partir da quarta semana de cultivo. Calos da mesma cultivar induzidos em meio MS1 (2,4D e cinetina), quando subcultivados em meio básico MS, sem de adição de fitorreguladores, desenvolveram calos embriogênicos; os calos induzidos em meio MS2 (ANA e cinetina) não se diferenciaram quando transferidos para o meio MS, mas se observou coloração escura.
Ano de Publicação: 2007
ISSN: 0103-0841
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BOLETIM79.pdf1,11 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace