Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/191782
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Arroz e Feijão - Circular Técnica (INFOTECA-E)
Data do documento: 10-Ago-1993
Tipo do Material: Circular Técnica (INFOTECA-E)
Autoria: STONE, L. F.
MOREIRA, J. A. A.
Informaçães Adicionais: LUIS FERNANDO STONE, CNPAF; JOSE ALOISIO ALVES MOREIRA, CNPAF.
Título: Irrigação do feijoeiro.
Edição: 1986
Fonte/Imprenta: Goiânia: EMBRAPA-CNPAF, 1986.
Páginas: 31 p.
Série: (EMBRAPA-CNPAF. Circular técnica, 20).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Tensão.
Conteúdo: O feijoeiro é sensível tanto à deficiência hídrica como ao excesso d'água. As fases de floração e desenvolvimento das vagens são as mais sensíveis a estes estresses. Nas condições climáticas de Goiânia, o consumo d'água do feijoeiro de inverno, plantado em junho, é de aproximadamente 3 mm/dia, da germinação ao inicio da floração, e de 6 mm/dia desta fase em diante. A irrigação por aspersão tem sido a mais utilizada nas terras altas, embora por sulcos e comugações também sejam empregadas. Nas várzeas, a irrigação por sulcos é a mais usada, embora se possa irrigar o feijoeiro for faixas, por inundação intermitente e por inundação pela elevação do lençol freático.
Thesagro: Água
Consumo
Feijão
Irrigação
Phaseolus Vulgaris.
Ano de Publicação: 1986
Aparece nas coleções:Circular Técnica (CNPAF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
circ20.pdf23,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace