Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/16832
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Monitoramento por Satélite - Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Data do documento: 15-Set-2003
Tipo do Material: Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Autoria: AZEVEDO, E. C. de
MANGABEIRA, J. A. de C.
Informaçães Adicionais: FAMEV-DSER; Embrapa Monitoramento por Satélite.
Título: Mapeamento de uso das terras utilizando processamento digital de imagem de sensoriamento remoto.
Edição: 2001
Fonte/Imprenta: Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2001. 12p. il.
Páginas: 12p.
Série: (Embrapa Monitoramento por Satélite. Comunicado Técnico, 7)
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Mapeamento - uso das terras
Sistemas de Informações Geográficas (SIG)
Sistemas de Posicionamento Global (GPS)
Campinas
Americana
Paulínia
São Paulo
Conteúdo: O uso dos métodos tradicionais de levantamento do uso das terras, em razão do custo elevado dos instrumentos e a dificuldade de disponibilizar as informações de maneira rápida aos tomadores de decisão, torna proibitivo seu emprego de forma sistemática e repetitiva sobre grandes extensões de território. Desta forma, existe a necessidade de se utilizar métodos que possibilitem o levantamento do uso das terras de maneira eficiente, rápida e que tenham relativamente baixo custo. Neste contexto, a forma mais eficiente e rápida para caracterizar o uso atual das terras é por meio dos recursos instrumentais oferecidos pelo sensoriamento remoto (SR), com auxílio dos Sistemas de Informações Geográficas (SIGs) e dos Sistema de Posicionamento Global (GPSs). O processo de levantamento e caracterização do uso das terras, nesse caso, pode ser grandemente facilitado pela utilização de imagens de satélites e outros recursos de sensoriamento remoto, que podem gerar dados passíveis de serem geocodificados, ou seja, integrados, relacionados e espacializados nos SIGs. Esses, em conjunto com os GPSs, são considerados, atualmente, como a maneira mais eficiente de levantamento e identificação do uso das terras. Desta forma, o trabalho teve como objetivo o mapeamento de uso das terras utilizando o processamento digital de imagem de sensoriamento remoto, utilizando-se a interpretação visual, a classificação digital supervisionada, e a classificação híbrida (classificação digital + interpretação visual), utilizando-se imagem TM do satélite LANDSAT 7.
Ano de Publicação: 2001
Aparece nas coleções:Comunicado Técnico (CNPM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
cot7paulin.pdf438,56 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace