Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/161895
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E)
Data do documento: 14-Abr-2009
Tipo do Material: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E)
Autoria: KIILL, L. H. P.
RIBEIRO, M. de F.
DIAS, C. T. de V.
SILVA, P. P. da
SILVA, J. F. M. da.
Informaçães Adicionais: Lúcia Helena Piedade Kiill, CPATSA; Márcia de Fátima Ribeiro, CPATSA; Carla Tatiana de Vasconcelos Dias; Paloma Pereira da Silva; Josemário Francisco Matos da Silva.
Título: Caatinga: flora e fauna ameaçadas de extinção.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Mensagem Doce, São Paulo, n. 100, p. 63-64, mar. 2009.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Bioma caatinga
Extinção
Brazilian Caatinga
Conservation
Diversity of the fauna.
Conteúdo: A Caatinga é o único bioma de distribuição exclusivamente brasileira, o que significa que grande parte do patrimônio biológico desse ecossistema não é encontrada em nenhum outro lugar do mundo. Porém, essa posição única entre os biomas brasileiros não foi suficiente para garantir a Caatinga o status que merece. A Caatinga é um dos biomas brasileiros mais alterados pelas atividades humanas, com mais de 45% de sua área alterada, sendo ultrapassado apenas pela Mata Atlântica e o Cerrado (Capobianco, 2002; Casteletti e cols., 2004). Em um estudo realizado recentemente, sobre a vegetação e uso do solo, verificou-se que a área de cobertura vegetal da Caatinga é de 518.635 Km2, equivalendo a 62,69% de remanescentes (MMA, 2008). Como conseqüência da degradação ambiental e da falta de preservação, muito já se perdeu em biodiversidade da Caatinga. A Biodiversitas (2001) cita, para esta formação vegetal, 19 espécies de plantas ameaçadas, dentre elas a aroeira do sertão (Myracrodruon urundeuva) e a baraúna (Schinopsis brasiliensis). Essas plantas desempenham importante papel na ecologia da Caatinga, pois são as principais árvores na composição das paisagens vegetais do sertão nordestino. Elas estão associadas à fauna local, onde suas folhas, flores e frutos servem de alimento para répteis, aves, mamíferos e insetos, principalmente abelhas. Suas flores, produzidas principalmente na estação seca, quando as fontes alimentares são escassas, abastecem os ninhos de abelhas nativas e exóticas. Além de fonte alimentar, estas árvores funcionam como abrigo para uma diversidade de animais e suporte para os ninhos de muitas aves e abelhas.
Thesagro: Fauna
Caatinga
Flora
Conservação
Polinização
Cobertura Vegetal
Degradação Ambiental.
Ano de Publicação: 2009
Aparece nas coleções:Artigo de divulgação na mídia (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OPB2293.pdf217,72 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace