Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/13121
Title: Estudos de simulação da movimentação vertical de herbicidas em solos com cana-de-açúcar na microbacia do córrego Espraiado Ribeirão Preto, SP.
Authors: PESSOA, M. C. P. Y.
GOMES, M. A. F.
SOUZA, M. D. de
CERDEIRA, A. L.
NEVES, M. C.
NICOLELLA, G.
Affiliation: MARIA CONCEICAO PERES YOUNG PESSOA, CNPMA; MARCO ANTONIO FERREIRA GOMES, CNPMA; MANOEL DORNELAS DE SOUZA, CNPMA; ANTONIO LUIZ CERDEIRA, CNPMA; MARCOS CORREA NEVES, CNPMA; GLBERTO NICOLELLA, CNPMA.
Date Issued: 1999
Citation: Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 1999.
Pages: 44p.
Description: Este trabalho teve por objetivo um estudo de simulação, utilizando o CMLS-94, em área de agricultura intensiva de cana-de-açúcar, localizada na microbacia do córrego Espraiado em Ribeirão Preto (SP), de importância internacional, dada a presença do Aquífero Botucatu (Guarani). Os dados referentes a cultura de cana-de-açúcar tipo soqueira, predominante na área, aos principais tipos de solo na área estudada, quais sejam Latossolo Roxo (LR), Latossolo Vermelho-Escuro (LE) e Areia Quartzosa (AQ), foram incorporados as bases de dados do CMLS-94, assim como a informação do nome do arquivo contendo dados climáticos diários de Ribeirão Preto (SP) (período 1986-1989). Os herbicidas utilizados foram atrazina, tebuthiuron e diuron, por serem os mais usados na área de estudo. Suas dosagens e períodos de uso variam conforme sua utilização para a cultura de cana-de-açúcar (doses e data). O cenário-base para as simulações realizadas apresentou a data de corte da cultura em setembro, com aplicações dos produtos em outubro e data final de simulação apos quatro anos do lançamento deles. Foram simulados vários cenários na dose máxima dos herbicidas aplicada na região (pior caso). Verificou-se que nenhuma das quantidades finais de produtos simulados era significativa para efeito de contaminação do Aquífero. Entretanto, as profundidades finais alcançadas pelos herbicidas encontram lençóis subsuperficiais presentes na área, com profundidades variando entre 0 e 20m. Os resultados obtidos nas simulações foram: a) Em Areia Quartzosa: 2,88 m para atrazina (quantidade final = 340,0 x 10 -4 kg/ha); 9,43 m para tebuthiuron (quantidade final = 1.200,0 x 10 -4 kg/ha); 1,45 m para diuron (quantidade final = 1,60 x 10 -4 kg/ha); b) Em Latossolo Vermelho-Escuro: 1,67 m para atrazina (quantidade final = 0,0092 x 10 -4 kg/ha); 4,25 m para tebuthiuron (quantidade final = 1.200,0 x 10 -4 kg/ha); 0,71 m para diuron (quantidade final = 40,0 x 10 -4 kg/ha); c) Em Latossolo Roxo: 1,43 m para atrazina (quantidade final = 1.400,0 x 10 -4 kg/ha); 1,96 m para tebuthiuron (quantidade final = 1.200.0 x 10 -4 kg/ha); 0,40 m para diuron (quantidade final = 77,0 x 10 -4 kg/ha). Um mapa de alto risco de contaminação da água subterrânea foi apresentado e discutidos os problemas relacionados ao uso do CMLS-94.
Thesagro: Herbicida
Simulação
Qualidade da água
Agrotóxico
Solo
Contaminação
Cana de açúcar
Atrazina
NAL Thesaurus: Herbicides
Environmental fate
Simulation models
diuron
tebuthiuron
Keywords: Agricultura intensiva
Águas subetrrâneas
Lençoal freático
Series/Report no.: (Embrapa Meio Ambiente. Boletim de Pesquisa, 1).
ISSN: 1516-4675
Language: Portugues
Type of Material: Folhetos
Access: openAccess
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BP01-2.pdf2,98 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace