Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1136581
Title: Avaliação de uma metodologia para inoculação e caracterização in vivo da agressividade de fungos associados às doenças de tronco em videira.
Authors: ALMANÇA, M. A. K.
FIORENTIN, J.
GROHS, D. S.
SANTOS, H. P. dos
Affiliation: MARCUS ANDRÉ KURTZ ALMANÇA, Engenheiro agrônomo, doutor em Fitotecnia com ênfase em Fitossanidade, professor do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Campus de Bento Gonçalves, Bento Gonçalves, RS.; JAMERSON FIORENTIN, Graduando em Agronomia, Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Campus de Bento Gonçalves, Bento Gonçalves, RS; DANIEL SANTOS GROHS, CNPUV; HENRIQUE PESSOA DOS SANTOS, CNPUV.
Date Issued: 2021
Citation: Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, nov. 2021.
Description: As Doenças de Tronco da Videira (DTV) estão entre os principais problemas na viticultura mundial, restringindo produção e vida útil das plantas. O estabelecimento dessas doenças é lento, variável e cruzado (complexo de fungos), dificultando a seleção de genótipos resistentes. Combinando as técnicas de micropropagação da videira e a inoculação controlada de fungos, esse trabalho objetivou uma caracterização in vivo e rápida da agressividade de diferentes isolados de fungos, empregando-se o porta-enxerto P1103 como planta modelo. Na micropropagação, visando sanidade e uniformidade, as plantas foram selecionadas com 5 ou 6 folhas, 20 cm de altura e 3º ou 4º entrenó com 0,3 cm de diâmetro. Essas plantas foram inoculadas (fragmentos de meio BDA com fungos isolados) e incubadas (90 dias), avaliando-se a evolução do escurecimento interno e o reisolamento de fungos. Os resultados demonstram que essa estratégia: 1) evitou a contaminação cruzada dos fungos, permitindo uma análise independente de cada isolado; 2) garantiu uma inoculação eficiente de todos fungos causadores de sintomas internos e associados às DTVs; e 3) permitiu a análise da agressividade de diferentes isolados fúngicos que são relacionados às DTVs. Considerando as condições favoráveis ao desenvolvimento vegetativo na incubação (casa de vegetação), a análise in vivo da agressividade dos fungos se aproxima das condições reais de cultivo e das interações fungo-planta que ocorrem à campo. Portanto, a metodologia descrita neste trabalho pode ser uma ferramenta importante tanto para caracterização dos fungos quanto para análise, em grande escala, da suscetibilidade ou resistência de genótipos de videira.
Thesagro: Micropropagação
Doença de Planta
Fungo
Keywords: Doença de Petri
Podridão-descendente
Pé-preto
Series/Report no.: (Embrapa Uva e Vinho. Boleim de Pesquisa e Desenvolvimento, 21).
ISSN: 1981-1004
Type of Material: Folhetos
Access: openAccess
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPUV)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BolPEsqDes-21.pdf2,38 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace