Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1036670
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pantanal - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2015
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: CATELLA, A. C.
CAMPOS, F. L. de R.
ALBUQUERQUE, S. P.
Additional Information: AGOSTINHO CARLOS CATELLA, CPAP; FÂNIA LOPES DE RAMIRES CAMPOS, IMASUL/SEMADE; SELENE PEIXOTO ALBUQUERQUE, IMASUL/SEMADE.
Title: Sistema de Controle de Pesca de Mato Grosso do Sul SCPESCA/MS 21-2014.
Publisher: Corumbá, MS: Embrapa Pantanal, 2015.
Pages: 54 p.
Series/Report no.: (Embrapa Pantanal. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 128).
Language: pt_BR
Keywords: Bacia do Alto Paraguai
Pesca esportiva
Pesca recreativa
Upper Paraguay River Basin
Fishery statistics
Small scale fisheries
Sport fisheries
Recreational fisheries.
Description: Neste boletim encontram-se as informações sobre a pesca profissional e esportiva (pesca recreativa) coletadas e analisadas pelo Sistema de Controle da Pesca de Mato Grosso do Sul (SCPESCA/MS) no ano de 2014. Os dados obtidos são provenientes do pescado capturado em toda a Bacia do Alto Paraguai em Mato Grosso do Sul (BAP/MS) e vistoriado pela Polícia Militar Ambiental/MS. Foi registrado um total de 306 t de pescado, das quais 136 t (44,4%) foram capturadas pela pesca profissional (estimativa de captura) e 170 t (55,6%) pela pesca esportiva. As espécies mais capturadas pelas duas categorias juntas foram: cachara Pseudoplatystoma reticulatum (69 t, 22,6%) pintado Pseudoplatystoma corruscans (67 t, 22,1%), e pacu Piaractus mesopotamicus (43 t, 14,3 %). Os rios que mais contribuíram foram o Paraguai (141 t, 46%) e o Miranda (103 t, 34%). O número total de pescadores profissionais registrados neste ano foi de 1921. Para a pesca profissional, em mediana mensal, a duração das viagens de pesca variou de 3 a 7 dias, capturando entre 26,50 e 69,55 kg por pescador por viagem com rendimento entre 7,21 e 11,56 kg por pescador por dia. Neste ano, a cota de captura permitida para a pesca esportiva permaneceu em 10 kg mais um exemplar de qualquer peso e até cinco exemplares de piranhas. Um total de 13.242 pescadores esportivos visitou o estado, provenientes, principalmente de São Paulo (44%), Paraná (24%) e Minas Gerais (9%) com maior concentração nos meses de agosto a outubro. Em mediana mensal, esses pescadores realizaram viagens com duração de 4 a 5 dias de pesca, capturando entre 10,50 e 13,25 kg por pescador por viagem com rendimento entre 2,75 e 2,93 kg por pescador por dia.
Thesagro: Produção pesqueira
Estatística pesqueira
Pesca Artesanal
Pesca Continental.
NAL Thesaurus: Fishery resources
Pantanal.
Data Documento: 2016-02-11
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BP128.pdf3,5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace