Acesso à informação Portal Brasil
DSpace

Infoteca-e » Embrapa Pecuária Sudeste (CPPSE) » Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPPSE) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/657225

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Pecuária Sudeste - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Identificador: 19013
Data de Envio: 9-Fev-2010
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: ZAFALON, L. F.
BERGAMASCHI, M. A. C. M.
OLIVEIRA, P. P. A.
Informações Adicionais: LUIZ FRANCISCO ZAFALON, CPPSE; MARCO AURELIO C MEIRA BERGAMASCHI, CPPSE; PATRICIA PERONDI ANCHAO OLIVEIRA, CPPSE.
Título: Melhoria da qualidade do leite em propriedade leiteira: uma abordagem inicial.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: São Carlos, SP: Embrapa Pecuária Sudeste, 2009
Páginas: 23 P.
Série: (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento / Embrapa Pecuária Sudeste; 23)
ISSN: 1981-2078
Idioma: pt_BR
Palavras-chaves: Mastite
Microbiologia
Staphylococcus
Thesagro: MAMITE
MICROBIOLOGIA
STAPHYLOCOCCUS AUREUS
GADO LEITEIRO
Conteúdo: A sanidade animal deficiente é um dos fatores que afeta negativamente a qualidade do leite bovino. Dentre as doenças relacionadas com a qualidade do leite, a mastite é a mais importante por estar amplamente distribuída nos rebanhos e ser reconhecida como de erradicação impossível, dependendo da etiologia da doença. Este trabalho foi realizado para obter o diagnóstico de situação da doença em um rebanho bovino leiteiro, que é o passo inicial e fundamental para a adoção de medidas preventivas eficazes. Amostras de leite de 53 animais de um rebanho de 135 vacas em lactação foram investigadas quanto à presença de microrganismos. Houve a identificação de microrganismos causadores de mastite em 39 amostras (73,6%), enquanto que em 12 (22,6%) foram encontrados resultados negativos e em duas (3,8%) ocorreram contaminações. Staphylococcus aureus foram os microrganismos de maior ocorrência e apresentaram resistência in vitro a três princípios ativos. Todos os isolados foram resistentes à penicilina, enquanto 54% e 4% dos isolados foram resistentes à gentamicina e à ciprofloxacina, respectivamente. Os principais microrganismos identificados como causadores de mastite foram os de origem contagiosa. A partir destes resultados, medidas de controle contra a doença podem ser propostas para atuar sobre as fontes de infecção e a transmissibilidade dos patógenos, com a detecção de animais doentes e o tratamento adequado, quando conveniente.
Ano de Publicação: 2009
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/657225
Aparece nas Coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPPSE)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
PROCIBolPesDes23LFZ2009.00317.pdf3,29 MBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas