Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/132095
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFREITAS, M. B. dept_BR
dc.contributor.authorCHOUDHURY, E. N.pt_BR
dc.contributor.authorFARIA, C. M. B. dept_BR
dc.date.accessioned2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created1996-07-02pt_BR
dc.date.issued1981pt_BR
dc.identifier.other7207pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/132095pt_BR
dc.descriptionEste trabalho constituiu-se de três experimentos conduzidos por vários anos na zona fisiográfica do Agreste de pernambuco, com o objetivo de encontrar práticas de manejo e conservação de solo que proporcionassem melhores resultados ao cultivo do tomate em condições de sequeiro. O primeiro experimento continha os seguintes tratamentos: 1. Solo lavrado e com cultivo contínuo; 2. Solo lavrado e com rotação bienal; 3. Solo não lavrado e com rotação bienal. A rotação era formada do cultivo de tomate em um ano e da leguminosa feijão-de-porco em outro ano. No solo lavrada e em cultivo contínuo de tomate, ocorreram as maiores perdas de solo e a menor produtividade do tomateiro. Maior controle da erosão e maior produtividade foram obtidos no solo não lavrado e em rotação. No segundo experimento, avaliaram-se as perdas de solo e água em diferentes tipos de rotação de cultura, formação de "mulch" e renque. A rotação bienal e trienal com capoeira deixada na superfície do solo foram as práticas que causaram as menores perdas de solo e água. Essas perdas foram ainda menores quando havia o renque ce capim elefante entre as faixas de rotação. No terceiro experimento, avaliaram-se a produtividade do tomate e as alterações nas características químicas do solo em diferentes tipos de rotação de cultura e adubação.Nos tratamentos do tomate cultivado anjalmente com adubações mineral e orgânica e da rotação trienal com capoeira, em que o tomate era adubado,obtiveram-se as maiores produtividades e melhores condições de fertilidade do solo.pt_BR
dc.description.uribitstream/CPATSA/7207/1/BPD6.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherPetrolina: EMBRAPA-CPATSA, 1981.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Semiárido - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)pt_BR
dc.relation.ispartofseries(EMBRAPA-CPATSA. Boletim de Pesquisa, 6).pt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectPernambucopt_BR
dc.subjectRegião Agrestept_BR
dc.subjectManagementpt_BR
dc.subjectConservationpt_BR
dc.subjectErosion.pt_BR
dc.titleManejo e conservação de solo no Agreste pernambucano.pt_BR
dc.typeBoletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)pt_BR
dc.date.updated2013-07-12T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroSolopt_BR
dc.subject.thesagroAdubaçãopt_BR
dc.subject.thesagroConservaçãopt_BR
dc.subject.thesagroErosãopt_BR
dc.subject.thesagroManejopt_BR
dc.subject.thesagroRotação de Cultura.pt_BR
dc.subject.nalthesauruscrop rotationpt_BR
dc.subject.nalthesaurussoil.pt_BR
dc.subject.nalthesaurusfertilizer applicationpt_BR
dc.format.extent244 p.pt_BR
dc.ainfo.id132095pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2013-07-12pt_BR
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BPD6.pdf8,58 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace