Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1086119
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Acre - Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E)
Date Issued: 2017
Type of Material: Capítulo em livro técnico (INFOTECA-E)
Authors: SILVA, F. de A. C.
KLEIN, M. A.
FONTENELE, R. A.
Additional Information: FRANCISCO DE ASSIS CORREA SILVA, CPAF-Rondonia; MARCELO ANDRE KLEIN, CNPT; Raimundo Alves Fontenele, Universidade Federal do Acre (Ufac).
Title: Contexto econômico e social da produção de farinha de mandioca na Regional do Juruá, Acre.
Publisher: In: SOUZA, J. M. L. de; ÁLVARES, V. de S.; NÓBREGA, M. de S. (Ed.). Indicação geográfica da farinha de mandioca de Cruzeiro do Sul, Acre. Rio Branco, AC: Embrapa Acre, 2017.
Pages: 155 p. cap. 5, p. 81-95.
Language: pt_BR
Keywords: Indicação geográfica
Produção artesanal
Território da Cidadania
Regional do Juruá
Cruzeiro do Sul (AC)
Acre
Amazônia Ocidental
Western Amazon
Amazonia Occidental
Harina de yuca
Tecnología tradicional.
Denominación de origen protegida
Desarrollo socioeconómico
Explotación agrícola familiar
Description: Com uma extensão territorial de 164.123 km2 e uma população estimada de 829.619 habitantes, o Estado do Acre está dividido em cinco microrregiões: Alto Acre, Baixo Acre, Purus, Tarauacá-Envira e Juruá. A Regional do Juruá está situada no extremo oeste do estado, compreendendo os municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves. Possui uma extensão de 31.943 km2, o que corresponde a 20% da área total do estado, sendo sua população de 147 mil habitantes, dos quais 43% habitam a zona rural. A base das atividades agrícola, pecuária e florestal do Estado do Acre é a produção familiar, resultante de um processo de reforma agrária iniciado na década de 1970. A produção agropecuária na Regional do Juruá é desenvolvida sob baixo padrão tecnológico no tocante ao emprego da mecanização e de técnicas de produção. Apesar das proibições impostas pela legislação ambiental brasileira, como o uso do fogo e derrubada de floresta nativa primária, ainda há a tradição da derruba e queima com a abertura constante de novas áreas, uma vez que sem tecnologia os solos sofrem degradação rapidamente. Por desconhecimento, falta de tradição agrícola e assistência técnica precária os agricultores familiares acabam por negligenciar aspectos como uso adequado dos recursos naturais, técnicas de produção de mudas, adubação, manejo conservacionista dos solos, colheita, pós-colheita e processamento e manejo e sanidade dos rebanhos, resultando em baixa produtividade agropecuária e florestal associada a custos de produção elevados. As culturas de maior relevância e importância econômica e social na Regional do Juruá são a banana e a mandioca que é utilizada para fabricação de farinha. Outras culturas são geralmente cultivadas para a subsistência dos agricultores familiares, tais como amendoim, cana-de-açúcar, feijão, citros, melancia e milho. Atividades de pecuária leiteira, avicultura de corte, suinocultura e produção de hortaliças são ainda incipientes na região de Cruzeiro do Sul.
Thesagro: Agricultura familiar
Farinha
Mandioca
Manihot esculenta
Procedência
Desenvolvimento socio-econômico
NAL Thesaurus: Family farms
Cassava flour
Traditional technology
Protected designation of origin
Provenance
Socioeconomic development.
Data Created: 2018-01-23
ISBN: 978-85-7035-768-7
Appears in Collections:Capítulo em livro técnico (CPAF-AC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
26488.pdf2,87 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace