Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/977550
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agroindústria de Alimentos - Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Date Issued: 2013
Type of Material: Comunicado Técnico (INFOTECA-E)
Authors: CASTRO, I. M. de
ANJOS, M. R. dos
TEIXEIRA, A. da S.
Additional Information: IZABELA MIRANDA DE CASTRO, CTAA; MARIANNA RAMOS DOS ANJOS, CTAA; ALESSANDRA DA SILVA TEIXEIRA, CTAA.
Title: Análise de aflatoxinas B1, G1, B2 e G2 em castanha-do-brasil, milho e amendoim utilizando derivatização pós-coluna no sistema cromatográfico CLAE/ Kobra-Cell®/DFL.
Publisher: Rio de Janeiro: Embrapa Agroindústria de Alimentos, 2013.
Pages: 6 p.
Series/Report no.: (Embrapa Agroindústria de Alimentos. Comunicado técnico, 198).
Language: pt_BR
Keywords: Castanha-do-brasil
CLAE
Description: Neste estudo, foram avaliados e validados métodos para três produtos: a castanha-do-brasil, que envolve uma cadeia produtiva de milhares de pessoas na região norte do país; o milho, que é um item importante da dieta da população brasileira e constitui um dos componentes básicos principais das rações animais; e o amendoim, que é uma importante fonte de óleo e de proteína de alto valor nutricional, usado tanto para fins alimentares como em diversas aplicações na indústria química, farmacêutica, cosmética, entre outras. Considerando o risco associado à presença de aflatoxinas em diferentes cadeias produtivas, torna-se necessário o monitoramento constante destes contaminantes nos produtos agrícolas. Para isso, são necessários métodos analíticos rápidos, com alta precisão, exatidão, seletividade e sensibilidade, além de uniformidade, com métodos oficiais que tenham abrangência internacional. Dentro desse contexto, o método proposto neste trabalho, implantado para as matrizes castanha-do-brasil, milho e amendoim, envolve a extração das aflatoxinas com solvente orgânico, seguida de purificação através de colunas de imunoafinidade ou de alumina, quantificação por cromatografia líquida de alta eficiência com derivatização pós-coluna com o derivatizador Kobra-Cell® e detecção por fluorescência (CLAE/ Kobra-Cell®/DFL). A quantificação das aflatoxinas é feita por padronização externa.
Thesagro: Aflatoxina
Castanha do Pará
Milho
Amendoim
Data Documento: 2014-01-27
ISSN: 0103-5231
Appears in Collections:Comunicado Técnico (CTAA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013CTE0198.pdf1,75 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace