Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/966422
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Solos - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 17-Set-2013
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: COELHO, M. R.
FIDALGO, E. C. C.
ARAUJO, F. de O.
SANTOS, H. G. dos
MENDONÇA-SANTOS, M. de L.
PEREZ, D. V.
MOREIRA, F. M. de S.
Informaçães Adicionais: MAURICIO RIZZATO COELHO, CNPS; ELAINE CRISTINA CARDOSO FIDALGO, CNPS; FABIANO DE OLIVEIRA ARAUJO, CNPS; HUMBERTO GONCALVES DOS SANTOS, CNPS; MARIA DE LOURDES M SANTOS BREFIN, CNPS; DANIEL VIDAL PEREZ, CNPS; Fátima Maria de Souza Moreira, Universidade Federal de Lavras.
Título: Solos das áreas-piloto do projeto biosbrasil (conservation and sustainable management of below-ground biodiversity: phase I), município de Benjamin Constant, estado do Amazonas.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: Rio de Janeiro : Embrapa Solos, 2005.
Páginas: 159 p.
Série: (Embrapa Solos. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, n. 67).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Formação Solimões.
Cambissolos alumínicos.
Alissolos.
Conteúdo: Este trabalho relata a variação dos atributos físicos, químicos, morfológicos e mineralógicos dos solos descritos e coletados em seis áreas-piloto situadas no município de Benjamin Constant, região noroeste do estado do Amazonas. É parte integrante do projeto BiosBrasil (Conservation and sustainable management of below-ground biodiversity project: phase I), cujo objetivo principal é melhorar a percepção, o conhecimento e o entendimento da biodiversidade dos solos da Amazônia. Cada área-piloto, denominada de Janela no âmbito do projeto, caracteriza-se por apresentar uma extensão aproximada de nove hectares, com pontos eqüidistantes, estaqueados a cada 100 m, formando uma malha de amostragem onde foram realizados estudos físicos, químicos e, principalmente, biológicos do solo. As Janelas são áreas descontínuas, selecionadas em função do uso e cobertura do solo representativos da região. Estão inseridas no compartimento geológico da Formação Solimões, caracterizada por sedimentos flúvio-lacustres de idade terciária (argilitos vermelhos e cinzas, siltitos e arenitos, com camadas de conchas e de linhito). Seu relevo varia de plano, nos topos de morrotes curtos e alongados, e nas planícies aluviais, a suave ondulado e ondulado nas demais posições da paisagem. O tipo climático predominante é Af, segundo a classificação de Köppen, com temperatura e pluviosidade médias anuais de, respectivamente, 25,7 ºC e 2.562 mm. Cambissolos constituem os solos dominantes nas áreas estudadas, seguidos dos Gleissolos e Alissolos. Em comum, manifestam elevados e anormais teores de alumínio extraível, com valores que variam de 0,0 a 14,6 cmolc/kg de solo em superfície e de 0,0 a 25,2 cmolc/kg de solo em profundidade, podendo ou não apresentar elevados conteúdos de Ca e Mg, com valores médios em superfície de, respectivamente, 4,6 e 1,4 cmolc/kg de solo. A despeito do elevado conteúdo de Al extraído por KCl 1N, que pode ou não estar relacionado com a atividade do elemento em solução, a pequena profundidade do solum, os elevados teores de silte e presença de filossilicatos 2:1 evidenciam sua maior jovialidade em relação à grande maioria dos solos de terra firme já descritos e mapeados na bacia Amazônica, os quais influenciam sobremaneira suas propriedades morfológicas, químicas, físicas, hidro e biológicas, bem como seu comportamento frente aos diferentes usos e práticas de manejo.
Ano de Publicação: 2005
ISSN: 1678-0892
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
bpd672005solosareapilotoprojbiosbr.pdf2,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace