Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/921156
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Monitoramento por Satélite - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 30-Mar-2012
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: TOSTO, S. G.
PEREIRA, L. C.
MANGABEIRA, J. A. de C.
CARVALHO, J. P. DE
Informaçães Adicionais: SERGIO GOMES TOSTO, CNPM; LAURO CHARLET PEREIRA, CNPMA; JOAO ALFREDO DE CARVALHO MANGABEIRA, CNPM; JOÃO PAULO DE CARVALHO, IAC.
Título: Valoração ambiental de serviço ecossistêmico da perda do solo no Município de Araras, SP.
Edição: 2011
Fonte/Imprenta: Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2011.
Páginas: 23 p.
Série: (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 20)
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Economia do ambiente
Equação universal de perda de solos
Erosão do solo
Conteúdo: O setor agropecuário é responsável por produzir grande quantidade de alimentos e de fibras. O uso de tecnologias inadequadas nesse setor tem ocasionado uma série de efeitos indesejáveis no sistema produtivo. Uma das formas de degradação ambiental em terras brasileiras é a erosão hídrica, considerada a mais importante, que tem causado graves prejuízos tanto em áreas agrícolas quanto nas cidades. Este trabalho foi realizado no Município de Araras, SP, e teve como objetivo valorar monetariamente as perdas de solos em termos de nutrientes perdidos para os usos e as ocupações das terras no espaço rural desse município. Utilizou-se a equação universal de perda de solo para quantificar a perda de solo e o método do custo de reposição para valorar os nutrientes perdidos. Os resultados mostram que a taxa de erosão da cana-de-açúcar queimada é 3,8 vezes superior à da cana-de-açúcar mecanizada, e o custo para a reposição de nutrientes perdidos foi de R$ 19,47 para a cana-de-açúcar mecanizada e de R$ 73,98 para a cana-de-açúcar queimada. Conclui-se que o método de cálculo da taxa de erosão pode ser um instrumental útil para a avaliação da sustentabilidade ambiental das atividades agrícolas.
Ano de Publicação: 2011
ISSN: 1806-3322
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPM)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
02211.pdf716,92 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace