Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/881060
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Solos - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Data do documento: 16-Mar-2011
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: LIMA, J. A. de S.
Informaçães Adicionais: JORGE ARAUJO DE SOUSA LIMA, CNPS.
Título: Estimativas de biomassa em fragmentos florestais da área de proteção ambiental rio Macacu
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2010.
Páginas: 26 p.
Série: (Embrapa Solos. Boletim de Pesquisa & Desenvolvimento, 163)
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Rio Macacu
Biomassa
Alometria
Estrutura florestal
Mata Atlântica
Conteúdo: A importância estratégica da manutenção dos estoques terrestres de carbono ante o aumento da concentração de gases de efeito estufa tem incentivado quantificações da biomassa florestal como indicador de políticas públicas de conservação e recuperação de ecossistemas em todas as latitudes. Tendo em vista que a biomassa florestal acima do solo (BMAS), quando estimada com uso de equações alométricas, integra dados de área basal, densidade e altura das árvores, gera um dado quantitativo relacionado ao estado atual dos fragmentos florestais, o que é particularmente interessante na Área de Pro- teção Ambiental (APA) da Bacia do Rio Macacu, localizada a leste da baía de Guanabara (RJ). Nesta área vivem atualmente cerca de 106.341 habitantes, cujo o abastecimento hídrico exige estratégias eficazes de monitoramento e conservação de remanescente florestais ante o expressivo crescimento urbano que se espera dada a implantação de grande projeto industrial em município vizinho. O objetivo do presente estudo é contribuir com estimativas de BMAS de um conjunto de fragmentos florestais, utilizando-se de equações alométricas. Os resultados indicam valores médios entre cerca de 36 a 199 Mg de BMAS.ha-1, refletindo diferentes estruturas, estádios sucessionais e graus de perturbação. Os valores encontrados são próximos a de outros estudos das regiões de origem das equações alométricas utilizadas.
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BolPD163.pdf1,59 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace