Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/622542
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agrobiologia - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Date Issued: 2007
Type of Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Authors: SOARES, L. H. de B.
MUNIZ, L. C.
FIGUEIREDO, R. S.
ALVES, B. J. R.
BODDEY, R. M.
URQUIAGA, S.
MADARI, B. E.
MACHADO, P. L. O. de A.
Additional Information: Luís Henrique de Barros Soares, Embrapa Agrobiologia; Luciano Cavalcante Muniz, UFG; Reginaldo Santana Figueiredo, UFG; Bruno José Rodrigues Alves, Embrapa Agrobiologia; Robert Michael Boddey, Embrapa Agrobiologia; Segundo Urquiaga, Embrapa Agrobiologia; Beata Emoke Madari, Embrapa Arroz e Feijão; Pedro Luiz Oliveira de Almeida Machado, Embrapa Arroz e Feijão.
Title: Balanço energético de um sistema integrado lavoura-pecuária no cerrado.
Publisher: Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2007.
Pages: 16 p.
Series/Report no.: (Embrapa Agrobiologia. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 26).
Language: pt_BR
Notes: Parceria: UFG; Embrapa Arroz e Feijão.
Keywords: Lavoura-pecuária
Balanço energético.
Description: O presente trabalho teve como objetivo avaliar um sistema integrado lavoura-pecuária sob o ponto de vista dos fluxos globais de energia. Em uma área experimental da Fazenda Capivara, localizada na Embrapa Arroz e Feijão, foi realizada uma avaliação econômica que serviu de base para esta primeira análise energética, aqui apresentada, de uma situação real de integração na região do Cerrado Brasileiro. O balanço energético de um sistema de produção, quando contabiliza em detalhes todos os componentes deste sistema sob a ótica de entradas e saídas energéticas, é um dos indicativos mais precisos da sustentabilidade da atividade agropecuária. Os resultados demonstram que a atividade agrícola demanda a maior parte do investimento energético do sistema. De um total de 34,58 GJ de energia fóssil e não renovável investida, em torno de 97% é gasta nas operações agrícolas, em virtude do elevado grau de mecanização e necessidade de insumos para que seja possível atingir produtividades consideráveis de milho e soja, principais culturas intensivas do Cerrado. Destaca-se que apenas a adubação nitrogenada na cultura do milho responde por 29% de todo investimento energético do sistema. Ambas as culturas exportam, por hectare, aproximadamente 165,06 GJ de energia renovável em seus grãos, sem considerar a palha residual. Em um ciclo de produção do sistema integrado são produzidos 51,4 arrobas de carcaça animal, em torno de 771 kg de peso vivo. Obtém-se um saldo energético em cada ciclo completo de integração lavoura-pecuária de 130,48 GJ, e uma eficiência energética, ou balanço energético global, calculada em 4,77:1. Ao considerar o produto animal oriundo da atividade integrada temos um acréscimo energético de mais 3,9 GJ total, por hectare. Percebe-se claramente a importância da análise energética na identificação dos principais gargalos do sistema, como a pesada contribuição dos adubos nitrogenados. Apesar da complexidade do sistema avaliado em virtude de sua múltipla composição, a metodologia utilizada mostra-se eficiente e robusta, devendo ser ferramenta indispensável na avaliação da sustentabilidade dos agroecossistemas. The present work aimed an assessment of the integrated crop-pasture production system by means of a global energy flow analysis. An economical feasibility analysis of the whole system was done at Fazenda Capivara, the experimental field located into Embrapa Arroz e Feijão area at Santo Antônio de Goiás (GO, Brazil), and supported the energetic approach presented here, a real picture of the plantation and livestock breeding integration project, settled on the Brazilian Cerrado. The energy balance of a production system, when particularly accounts for all the components under an input/output point of view, is among the most accurate sustainability indicators of the agroindustrial activity. The results demonstrated that agricultural component demands the majority of energetic investment. From a sum of 34.58 GJ of non-renewable fossil energy inputted, about 97% was spent into field operations, mainly due to the high mechanisation level and chemicals needs, indispensable to attain appropriate soy and maize yields, both the main plantations at Cerrado region. The data point out that nitrogen fertilisation of maize accounted for 29% of the whole energetic inputs. The two crops ensemble drawn in their grains 165.06 GJ of renewable energy, not considering the surplus biomass, like straw. One production cycle of the integrated system produced 1,664 lb of animal live weight, about 771 kg. The exceeding energy of a cycle of integrated crop-pasture production system was 130.48 GJ, and the whole energy balance was calculated as 4.77:1. When considering the animal production coming from the integrated activity, one gained an energy surplus of 3.9 GJ per hectare. The importance of energetic approach in identifying the energy constraints is clearly perceived, as the heavy contribution of the nitrogenous fertilisers. Despite the complexity of integrated system due to its multiple composition, this methodology shows itself as robust and efficient. The energy balance study is an useful tool in assessing the sustainability of the agroecosystems.
Thesagro: Cerrado
Pratica Cultural
Sistema de Produção.
Data Documento: 2008-03-25
Appears in Collections:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPAB)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bot026.pdf324,28 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace