DSpace

Infoteca-e » Embrapa Semi-Árido (CPATSA) » Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPATSA) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/920435

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Semiárido - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Identificador: 47052
Data de Envio: 27-Mar-2012
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: FERREIRA, M. A. J. F.
CARMO, C. A. S. do
LOPES, J. F.
PEIXOTO, A. A. P.
GOMES, P. A.
BARROZO, L. V.
Informações Adicionais: MARIA ALDETE JUSTINIANO F FERREIRA, CPATSA; Carlos Alberto Simões do Carmo, INCAPER; JOSE FLAVIO LOPES, CNPH; ALCEU ALVES PEREIRA PEIXOTO; PATRÍCIA ALVES GOMES; LARISSA VERAS BARROZO.
Título: Diagnóstico sobre variedades locais de abóboras em áreas de agricultores Familiares.
Edição: 2011
Fonte/Imprenta: Petrolina: Embrapa Semiárido, 2011.
Páginas: 19 p.
Série: (Embrapa Semiárido. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 88).
ISSN: 1808-9968
Idioma: pt_BR
Palavras-chaves: Variedade local
Cultivar
Agricultura familiar
Melhoramento genético
Thesagro: Cucurbitacea
Abóbora
Variedade
NAL Thesaurus: Cucurbita spp.
Farm conservation
Plant genetic resources
Conteúdo: Com este trabalho objetivou-se realizar um diagnóstico sobre a ocorrência e condições de conservação on farm de espécies de Cucurbita em áreas de agricultores familiares dos estados da Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo e Minas Gerais. Os diagnósticos foram realizados no Assentamento Mulungu (Tururu, CE), na Comunidade Furado da Onça (Porteirinha, MG), no Assentamento Cunha (Cidade Ocidental, GO), em oito municípios do Norte do Espírito Santo e quatro do Sul da Bahia. Verificou-se grande variabilidade genética para tamanho, formato, cor da casca e cor da polpa dos frutos, exceto no Assentamento Cunha. No Assentamento Mulungu, Comunidade Furado da Onça, Norte do Espírito Santo e Sul da Bahia, pratica-se o cultivo tradicional e, portanto, de conservação e uso de variedades locais de abóbora. Maior variabilidade de abóboras foi observada na Comunidade Furado da Onça e risco de erosão genética das variedades locais no Assentamento Mulungu e Norte do Espírito Santo, necessitando-se adotar medidas para evitar a perda desses recursos genéticos. O desenvolvimento de programas de melhoramento participativo, a implantação de Bancos Comunitários de Sementes e a agregação de valor com o desenvolvimento de produtos derivados da abóbora são estratégias que podem conservar variedades locais.
Ano de Publicação: 2011
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/920435
Aparece nas Coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPATSA)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
BPD88.pdf3,51 MBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas