DSpace

Infoteca-e » Embrapa Agropecuária Oeste (CPAO) » Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAO) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/880300

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Agropecuária Oeste - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Identificador: 33281
Data de Envio: 10-Mar-2011
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: SCORZA JUNIOR, R. P.
RIGITANO, R. L. de O.
FRANCO, A. A.
Informações Adicionais: ROMULO PENNA SCORZA JUNIOR, CPAO; RENÊ LUÍS DE OLIVEIRA RIGITANO, UFV; ANDRE ANDRADE FRANCO, BOLSISTA DCR FUNDECT/CNPQ.
Título: Comportamento ambiental de dois inseticidas em um solo de Mato Grosso do Sul: experimentação e modelagem matemática.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: Dourados: Embrapa Agropecuária Oeste, 2010.
Páginas: 36 p.
Série: (Embrapa Agropecuária Oeste. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 57).
Idioma: pt_BR
Palavras-chaves: Lixiviação
Degradação do solo
Leaching
Degradation
Soil
Conteúdo: Informações sobre o comportamento de pesticidas são importantes para o conhecimento do seu destino ambiental e, consequentemente, para a avaliação da sustentabilidade dos sistemas de produção agrícolas. Este trabalho teve os seguintes objetivos: (i) quantificar a lixiviação de dois inseticidas (endossulfam e tiametoxam) em uma área de plantio de soja na região de Ponta Porã, MS; (ii) avaliar a degradação e sorção dos dois inseticidas no solo em estudo; e (iii) testar e calibrar os simuladores MACRO e PEARL para descrever os dados observados da lixiviação dos dois inseticidas nas condições consideradas. Amostras de solo para quantificação da lixiviação dos pesticidas foram coletadas nas profundidades de 0-10 cm, 10-30 cm, 30-50 cm, 50-70 cm e 70-100 cm aos 0, 41, 74 e 125 dias após aplicação. Para estudo da degradação, amostras de solo nas profundidades de 0-30 cm e 50-70 cm foram incubadas a 25 °C (tiametoxam) e 30 °C (endossulfam), umidade correspondente a 80% da capacidade de campo e ausência de luz. Para sorção, utilizou-se o método da batelada, considerando amostras nas profundidades de 0-30 cm e 50-70 cm para o tiametoxam e 0-30 cm para o endossulfam. Os resíduos de tiametoxam no solo foram determinados por cromatografia líquida de alta eficiência e do endossulfam por cromatografia gasosa. Ambos os pesticidas estudados não lixiviaram para camadas abaixo de 50 cm de profundidade, indicando, assim, a ausência de transporte preferencial via macroporos. Os valores de meia-vida foram de 96 e 210 dias para o tiametoxam e de 24 e 27 dias para o endossulfam, nas profundidades de 0-30 cm e 50-70 cm, respectivamente. Observou-se uma dissipação mais intensa de ambos os pesticidas no campo quando comparada ao laboratório sob condições controladas. De maneira geral, os simuladores testados (PEARL e MACRO) foram satisfatórios para simular a lixiviação de endossulfam nas condições edafoclimáticas consideradas. No entanto, o desempenho do simulador MACRO foi superior ao PEARL para simular a lixiviação do tiametoxam.
Ano de Publicação: 2010
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/880300
Aparece nas Coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAO)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
BP201057.pdf363,95 KBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas