DSpace

Infoteca-e » Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical (CNPMF) » Artigo de divulgação na mídia (CNPMF) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/873992

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Mandioca e Fruticultura - Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E)
Identificador: 27260
Data de Envio: 24-Jan-2011
Tipo do Material: Artigo de divulgação na mídia (INFOTECA-E)
Autoria: CARVALHO, J. E. B. de
SANTANA, A. S. de
AZEVEDO, C. L. L.
Informações Adicionais: JOSE EDUARDO BORGES DE CARVALHO, CNPMF; Adriana Silveira de Santana, UFBA; CLAUDIO LUIZ LEONE AZEVEDO, CNPMF.
Título: Estudo fitossociológico e composição do banco de sementes em dois sistemas produtivos de citros: produção integrada e convencional.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: Toda fruta: o portal da fruticultura, 2010.
Idioma: pt_BR
Notas: Disponível em :<http://www.todafruta.com.br/portal/icnoticiaaberta.asp?idnoticia=22896> Acesso em: 24 jan. 2011.
Palavras-chaves: Fruta citrica
Semente
Propagação de planta
Conteúdo: O termo banco de sementes tem sido adotado para designar as reservas de sementes viáveis no solo, em profundidade e na superfície (Roberts, 1981). Para Baker (1989) o banco ou reserva de sementes é uma agregação de sementes não germinadas, mas potencialmente capazes de substituir plantas adultas anuais que desaparecem por causa natural ou não, ou perenes, suscetíveis a doenças, distúrbios ou consumo por animais. Diferentes sistemas de manejo do solo condicionam as sementes a microambientes, devido às alterações das propriedades físico-químicas e das condições da superfície do solo (Mulugueta & Stoltemberg, 1997). Essas mudanças podem influenciar a germinação e o estabelecimento de plantas infestantes, devido a criação de condições variáveis de umidade e aeração. Da mesma maneira, a distribuição das sementes no perfil do solo pode ser alterada, causando modificações na dinâmica populacional das plantas daninhas. O preparo convencional do solo incorpora as sementes de modo mais uniforme no perfil trabalhado, proporcionando a distribuição horizontal e vertical de sementes das plantas infestantes. Essa distribuição das sementes no perfil do solo é influenciada pela freqüência de preparo, dando origem a persistentes bancos de sementes no solo (Lindquist & Maxwell, 1991; Guersa & Martinez-Guersa, 2000). Segundo Pitelli (2000), os índices fitossociológicos são importantes para analisar o impacto que os sistemas de manejo e as práticas agrícolas exercem sobre a dinâmica de crescimento e ocupação de comunidades infestantes em agroecossistema. Esses índices são determinados levando-se em conta a densidade relativa, que reflete a participação numérica de indivíduos de uma espécie na comunidade; a freqüência relativa, que se refere à porcentagem que representa a freqüência de uma população em relação à soma da freqüência das espécies que constituem a comunidade a dominância representa o ganho de biomassa deuma espécie na comunidade; e a importância relativa, que é uma avaliação ponderada desses índices e indica as espécies mais importantes em termos de infestação das culturas e também, qual espécie proporciona melhor cobertura do solo dentro de um manejo mais sustentável além de sua importância positiva ou negativa no manejo integrado de pragas.
Ano de Publicação: 2010
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/873992
Aparece nas Coleções:Artigo de divulgação na mídia (CNPMF)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
todafrutaCarvalhoId27260.pdf24,57 KBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas