DSpace

Infoteca-e » Embrapa Agropecuária Oeste (CPAO) » Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAO) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/870556

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Agropecuária Oeste - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Identificador: 33135
Data de Envio: 21-Dez-2010
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: HERNANI, L. C.
SALTON, J. C.
Informações Adicionais: LUIS CARLOS HERNANI, CPAO; JULIO CESAR SALTON, CPAO.
Título: Atributos de solo e produtividade de culturas em sistemas de manejo conduzidos por dezesseis anos.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Dourados: Embrapa Agropecuária Oeste, 2009.
Páginas: 61 p.
Série: (Embrapa Agropecuária Oeste. Boletim de pesquisa e desenvolvimento, 54).
Idioma: pt_BR
Palavras-chaves: Plantio direto
Rotação de culturas
No tillage
Crop rotation
Conteúdo: Para identificar alternativas ao manejo intensivo com grades de discos, avaliaram-se, entre 1987 e 2003, efeitos de sistemas de manejo do solo na produtividade de soja, milho e trigo e em atributos de um Latossolo Vermelho Distroférrico muito argiloso, localizado na sede da Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados, MS. Os tratamentos entre 1987 e 1994 constaram de: a) sistemas de preparo de solo no verão (SP): PD - semeadura direta; ES - escarificação + gradagens niveladoras; GP - gradagem aradora + gradagens niveladoras e SI - gradagem aradora + aração com arado de aivecas + gradagens niveladoras; b) sistemas de preparo no inverno: ES, GP e PD e c) cultura de inverno: trigo e aveia preta. Em 1994, o PD passou a ser o único sistema de preparo usado no inverno e a sucessão aveia preta/soja foi substituída pela rotação nabo forrageiro/milho - aveia preta/soja - trigo/soja (CR); mantendo-se os demais tratamentos, a sequência trigo/soja passou a ser denominada tratamento sem rotação (SR). Em 2000, o sistema CR foi modificado para aveia preta + nabo forrageiro/milho - aveia preta + nabo forrageiro/soja - trigo/soja, mantendo-se os demais tratamentos. O preparo de solo no verão foi realizado em faixas dispostas em nível no terreno; no inverno o preparo foi em faixas, no sentido transversal ao das faixas do preparo no verão; as culturas foram conduzidas sempre em faixas e em nível. Determinaram-se a produtividade de grãos de soja, milho e trigo. De amostras compostas das camadas 0-5 cm, 5-10 cm e 10-20 cm do solo avaliaram-se pH, Al, K, P e matéria orgânica (MO), em 1993, 1996 e 2003 e, em amostras indeformadas dessas mesmas camadas, mediram-se densidade (Ds), macro (Ma), micro (Mi) e porosidade total (Pt), em 1993 e 1996. A estabilidade de agregados em água e o diâmetro médio ponderado (DMP) foram determinados a partir de monolitos da camada 0-10 cm, obtidos em 1996. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey (p<0,05). Os tratamentos apresentaram efeitos significativamente diferentes entre si em, pelo menos, uma das variáveis e ou safras estudadas entre 1988 e 2003. A produtividade de soja foi maior com o PD empregado ininterruptamente, no inverno e no verão, independentemente da cultura antecedente (trigo ou aveia preta); a aveia preta foi mais eficaz do que trigo quanto à produtividade da soja cultivada subsequentemente, independente do SP; a produtividade de milho foi maior com o PD empregado continuamente ao longo do tempo; a CR, foi mais eficaz do que a sequência trigo/soja (SR) quanto à produção de soja ou de trigo; a interação entre sistemas de preparo de verão x rotação de cultura foi mais eficaz quando o sistema de preparo foi o PD, efeito evidenciado com a produção de trigo. Após os primeiros seis anos de ensaio (1993), o PD (usado com as sucessões trigo/soja e aveia preta/soja) proporcionou maior teor de P da camada 0-5 cm, em relação ao SI, apenas; posteriormente (em 1996 e 2003) o PD incrementou teores de K, P e MO das camadas 0-5 cm e 5-10 cm, em relação aos demais SP e, por outro lado, estes últimos incorporaram melhor o calcário, diminuindo o Al da camada 10-20 cm em relação ao PD; o tratamento RC foi mais eficaz do que o SR quanto ao teor de MO da camada 0-5 cm. O PD elevou a Ds e diminuiu a Pt das camadas 0-5 cm e 5-10 cm em relação aos demais SP em 1993, efeito não ratificado na avaliação de 1996. O PD, comparado aos demais SP, aumentou os agregados de maior tamanho (classes 7,93-9,52 mm e 6,35- 7,93 mm) e o DMP e diminuiu os agregados de menor tamanho (classes 1,0-0,5 mm e < 0,5 mm) da camada 0-10 cm do solo; a RC diminuiu os agregados de menor tamanho (classes 1,0-0,5 mm e < 0,5 mm) em relação à SR e, a combinação PD + RC incrementou os agregados de maior tamanho (7,93-9,52 mm) e o DMP. Em suma, a combinação entre o plantio direto e a rotação de culturas melhorou a fertilidade (física e química) do solo, resultando em produtividade mais estável e elevada das culturas de soja e milho.
Ano de Publicação: 2009
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/870556
Aparece nas Coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAO)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
BP200954.pdf598,1 KBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas