DSpace

Infoteca-e » Embrapa Agrobiologia (CNPAB) » Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPAB) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/783474

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Agrobiologia - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Identificador: 36601
Data de Envio: 12-Mai-2010
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: VIEIRA, A. L. M.
RESENDE, A. S. de
Informações Adicionais: ANDRÉ LUÍS MACEDO VIEIRA, UFRRJ; ALEXANDER SILVA DE RESENDE, CNPAB.
Título: Avaliação econômica de um sistema agroflorestal para conexão de fragmentos da mata atlântica .
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2009.
Série: (Embrapa Agrobiologia. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 60).
Idioma: pt_BR
Palavras-chaves: Corredor agroflorestal
Produtividade
Conteúdo: Este trabalho teve por objetivo realizar uma avaliação econômica de um corredor agroflorestal implantado em fevereiro de 2005 na Fazendinha Agroecológica do km 47, Seropédica ? RJ. Foram plantadas espécies de ciclo curto, como o aipim, banana, cana e abacaxi e 25 espécies florestais. As culturas agrícolas anuais foram avaliadas utilizando-se os critérios financeiros de avaliação de projetos: Valor Presente Líquido (VPL) e Razão Benefício/Custo (RB/C). O custo total acumulado após três anos de implantação chegou a R$ 16.000,00/ha. A receita gerada, de R$ 6.000,00/ha, foi suficiente para pagar cerca de 38% desses custos. O cultivo da mandioca foi o mais rentável, sendo responsável por 65% da receita gerada. As culturas de aipim e cana apresentaram VPL positivo de R$ 1.218,34 e R$ 144,33, respectivamente, indicando que a produção foi suficiente para pagar os custos de implantação e gerar excedentes. O abacaxi apresentou VPL negativo de R$ 2.224,54. Considerando-se a relação benefício/custo (B/C), o aipim apresentou um valor de 6,80, indicando que para cada real gasto com a implantação desta cultura obteve-se R$ 6,80 de retorno. Para a cultura da cana, chegou-se a relação B/C de 1,27. Para o abacaxi a relação foi de 0,22. A relação benefício/custo total do sistema foi de 0,35. Embora o rendimento gerado durante os dois primeiros anos tenha sido significativo, este ainda não foi suficiente para pagar todos os custos de implantação, sendo recomendada a introdução de novas culturas de ciclo curto ou frutíferas para incrementar a geração de renda ano a ano.
Ano de Publicação: 2009
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/783474
Aparece nas Coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPAB)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
BOP60.pdf479,36 KBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas