Acesso à informação Portal Brasil
DSpace

Infoteca-e » Embrapa Pecuária Sudeste (CPPSE) » Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPPSE) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/749001

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Pecuária Sudeste - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Identificador: 19182
Data de Envio: 5-Mai-2010
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: VESCHI, J. L. A.
SANTOS, R. D. dos
RAMOS, E. M.
PINHEIRO, S. R.
ROXO, E.
ZAFALON, L. F.
Informações Adicionais: JOSIR LAINE APARECIDA VESCHI, CPATSA; RAFAEL DANTAS DOS SANTOS, CPATSA; EDSON MANDAGARAN RAMOS; SONIA REGINA PINHEIRO; ELIANA ROXO; LUIZ FRANCISCO ZAFALON, CPPSE.
Título: Caracterização sanitária de rebanho de bovinos da raça Sindi no município de Petrolina, PE.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Petrolina: Embrapa Semiárido, 2009.
Páginas: 13 p.
Série: (Embrapa Semiárido. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 78).
Idioma: pt_BR
Palavras-chaves: Bovino
Doença
Raça Sindi
Brucelose
Tuberculose
Conteúdo: Os bovinos da raça Sindi, originários do Paquistão, apresentam elevada rusticidade e alta tolerância ao calor. São animais de pequeno porte, pelagem avermelhada e altamente adaptados às condições adversas da região semiárida do Nordeste do Brasil. Diante da importância da brucelose e da tuberculose na saúde humana e animal, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) instituiu o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose (PNCEBT), visando diminuir o impacto negativo destas enfermidades nos rebanhos nacionais. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo caracterizar sanitariamente os bovinos da raça Sindi do rebanho da Embrapa Semiárido, Petrolina, PE. Foram examinadas 109 amostras de soro sanguíneo dos bovinos pelo teste de soroaglutinação com Antígeno Acidificado Tamponado (AAT) para a detecção de anticorpos contra a Brucella abortus. Das 109 amostras avaliadas, todas apresentaram resultado negativo no teste de soroaglutinação rápida em placa. Realizou-se o teste intradérmico cervical comparado com as tuberculinas (PPD) bovina e aviária nos 109 animais e nenhum apresentou reação positiva para tuberculose. Diante dos resultados obtidos, concluiu-se que neste tipo de rebanho em que ocorre pouco ou nenhum transito de animais (entrada), o risco de ocorrência de brucelose e tuberculose é considerado pequeno.
Ano de Publicação: 2009
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/749001
Aparece nas Coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPPSE)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
BPD78.pdf507,41 KBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas