DSpace

Infoteca-e » Embrapa Informática Agropecuária (CNPTIA) » Outras publicações (CNPTIA) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/7111

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Informática Agropecuária - Outras publicações técnicas (INFOTECA-E)
Identificador: 9203
Data de Envio: 17-Abr-2003
Tipo do Material: Outras publicações técnicas (INFOTECA-E)
Autoria: CARVALHO, J. R. P. de
VIEIRA, S. R.
MORAN, R. C. C. P.
Informações Adicionais: Embrapa Informática Agropecuária. Instituto Agronômico de Campinas. Unicamp.
Título: Como avaliar similaridades entre mapas de produtividade.
Edição: 2001
Fonte/Imprenta: Campinas: Embrapa Informática Agropecuária, 2001.
Páginas: 24 p.
Série: (Embrapa Informática Agropecuária. Relatório Técnico, 10).
Idioma: pt_BR
Notas: Acesso em: 17 abr. 2003.
Palavras-chaves: Análise multivariada
Análise de correspondência
Variação temporal
Variação espacial
Geoestatística
Conteúdo: Um dos problemas emergentes na Agricultura de Precisão é a interpretação de mapas de produtividade. Como avaliar suas similaridades? Seria somente sua comparação visual ou através de técnicas analíticas? O objetivo do presente relatório foi introduzir a Análise Multivariada de Correspondência como um método estatístico que pode auxiliar na interpretaçao analítica de mapas de produtividade. Com isto pretende-se levantar a hipótese de que a utilização destes mapas para delimitar regiões homogêneas no campo depende da estabilidade espacial e temporal desta variável, tornando-se preocupante seu uso indiscriminado como ferramenta de informação preditiva. Quatro mapas foram usados neste trabalho, os quais correspondem a amostras coletadas de componentes de produção para arroz em 1994, milho em 1995, algodão em 1996, em uma malha com 110 pontos, espaçados de 10 x 10 m., da estação experimental do Instituto Agronômico de Campinas em Votuporanda, SP. Os dados originais de produtividade foram categorizados e analisados usando a Análise de Correspondência Simples e Múltipla. Conclui-se que existe uma grande dissimilaridade entre as culturas ou as classes de culturas, medidas através da distância euclidiana no plano.
Ano de Publicação: 2001
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/7111
Aparece nas Coleções:Outras publicações (CNPTIA)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
RELATORIOTECNICO10int.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas