Acesso à informação Portal Brasil
DSpace

Infoteca-e » Embrapa Meio-Norte (CPAMN) » Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAMN) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/65740

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Meio-Norte - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Identificador: 22494
Data de Envio: 4-Nov-2008
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: LEITE, L. F. C.
Informações Adicionais: LUIZ FERNANDO CARVALHO LEITE, CPAMN.
Título: CQESTR: um simulador simples para estimar seqüestro de carbono em solos tropicais.
Edição: 2008
Fonte/Imprenta: Teresina: Embrapa Meio-Norte, 2008.
Páginas: 16 p.
Série: (Embrapa Meio-Norte. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 77).
Idioma: pt_BR
Palavras-chaves: Manejo do solo
Matéria orgânica
Modelo de simulação
Conteúdo: CQESTR simula o efeito de práticas de manejo sobre o carbono orgânico do solo (COS). A versão beta do simulador tem sido calibrada e validada apenas para região temperada. Os objetivos deste trabalho foram: a) avaliar o desempenho do modelo CQESTR para simular a dinâmica do COS em diferentes sistemas de preparo, em dois solos tropicais (Argissolo Vermelho-Amarelo e Latossolo Vermelho-Amarelo) situados nas regiões Sudeste e Nordeste do Brasil; b) estimar o potencial de seqüestro de carbono de diferentes sistemas de preparo por meio do simulador CQESTR e de valores medidos. Na Região Sudeste (20,75 S 42,81 W), os sistemas de preparo foram plantio direto (PD), preparo reduzido com arados (PR1) e grades (PR2) e preparo convencional (PC); na Região Nordeste (7,55°S 45,23° W), plantio direto, preparo reduzido com escarificadores (PR) e preparo convencional. CQESTR subestimou o COS em ambos os locais, especialmente em PD, o que indica a necessidade de ajustes (ex.: inclusão do fator mineralogia do solo) para melhorar a eficiência das simulações do COS em solo tropical. Apesar disso, os valores medidos e simulados na camada de 0-20 foram bem-correlacionados (Sudeste, R2 =0,94, p<0,01; Nordeste, R2=0,88, p<0,05). O modelo estimou emissões de carbono, variando de 0,36 (PD) a 1,05 Mg ha-1 ano-1(PC) no Sudeste, e de 0,30 (PD) a 0,82 (PC) Mg ha-1 ano-1 no Nordeste. CQESTR apresenta bom desempenho para estimar dinâmica de COS em dois solos tropicais do Brasil.
Ano de Publicação: 2008
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/65740
Aparece nas Coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CPAMN)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
Bol77.pdf833,69 KBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas