DSpace

Infoteca-e » Embrapa Meio Ambiente (CNPMA) » Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMA) »

Por favor, utilize esse identificador para citar ou referenciar esse registro:
http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/513733

FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut

Formato RegistroConteúdo
Unidade da Embrapa/Coleção: Embrapa Meio Ambiente - Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Identificador: 8287
Data de Envio: 13-Out-2009
Tipo do Material: Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (INFOTECA-E)
Autoria: BOEIRA, R. C.
LIGO, M. A. V.
MAXIMILIANO, V. C. B.
Informações Adicionais: RITA CARLA BOEIRA, CNPMA; MARCOS ANTONIO VIEIRA LIGO, CNPMA; VIVIANE CRISTINA B MAXIMILIANO, CNPMA.
Título: Emissão de C-CO2 em amostras de latossolo tratadas com lodos de esgoto.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2009.
Páginas: 20p.
Série: (Embrapa Meio Ambiente. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 53).
Idioma: pt_BR
Palavras-chaves: Decomposição do carbono
Respirometria
Taxa de respiração
Lodo de esgoto
Thesagro: Adubo de esgoto
Conteúdo: Lodos de esgoto possuem alto teor de carbono orgânico, porém, há um expressivo consumo de matéria orgânica logo após sua aplicação no solo, até que seja alcançado novo equilíbrio da relação C/N. Neste trabalho, apresentam- se resultados referentes à decomposição da fração orgânica de dois lodos de esgoto anaeróbios, provenientes das Estações de Tratamento de Esgoto de Franca/SP (esgoto doméstico) e de Barueri/SP (esgoto urbanoindustrial). Os tratamentos estudados foram de 1, 2, 4 e 8 vezes a aplicação da dose recomendada, com base no teor de N, de dois lodos de esgoto, as quais foram equivalentes à aplicação, numa camada de 0-20 cm de solo, de 3, 6, 12 e 24 Mg ha-1 (Franca) e 8, 16, 32 e 64 Mg ha-1 (Barueri). Avaliou-se o efeito dos tratamentos sobre a emissão de carbono na forma de CO2, em câmaras sem circulação forçada de ar, após 57 dias de incubação de misturas de amostras de um Latossolo Vermelho distroférrico com as doses dos lodos de esgoto. O padrão de emissão de C-CO2 foi semelhante nos dois tipos de lodos de esgoto. Houve aumento da liberação de C-CO2 com o aumento das doses dos dois lodos de esgoto. A taxa respiratória foi maior no início da incubação, observando-se 50% ou mais da decomposição total da matéria orgânica dos lodos de esgoto nos primeiros 15 dias. A biodecomposição estimada da matéria orgânica aplicada ao solo via lodos de esgoto foi de 15%.
Ano de Publicação: 2009
URI: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/handle/doc/513733
Aparece nas Coleções:Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPMA)
Arquivo Descrição TamanhoFormatoVisualizar
boletim53.pdf213,64 KBAdobe PDFThumbnail
Download

Formato Dublin Core

Estatísticas